Artigos





A NOVA TERRA!
Estamos nos aproximando do momento em que a Terra, ou o espírito de Gaia se desdobrará numa nova manifestação material. A 5ª Dimensão! Para quem não sabe é como se fôssemos receptores de uma TV que passará a receber o sinal de TV a cabo digitalizada. Nossa sintonia é que vai separar o joio do trigo. Nós nos auto-escolheremos. Essa manifestação já está pronta e tem gente já habitando por lá. E quem se projeta fora do corpo pode ir lá visitar. É uma natureza exuberante e serena, sem maremotos, terremotos, tsunamis, etc. Os animais não mais serão predadores uns dos outros e nós poderemos nos aproximar de leões, tigres (vide os tigres da Tailandia) e qualquer outra espécie dentro da escala evolutiva. Nem todas as espécies lá estarão, pois os insetos, em sua grande maioria não estão evoluídos. Portanto baratas, mosquitos, pulgas, carrapatos etc. fazem parte da terceira dimensão.

As espécies vegetais, minerais e animais também possuem uma escala de evolução e apenas lá estarão aquelas que já fizeram o seu "upgrade". Os seres humanos deverão estar numa vibração de amor e solidariedade. Recentemente, por orientação dos mentores espirituais fiz uma campanha para um asilo e para um grupo de socorro aos animais e enviei para cerca de 5 mil pessoas de minha lista. Obtive 10 respostas sendo 5 contribuições, ou seja 0,2% de pessoas antenadas. As 4.990 pessoas restantes não demonstraram interesse sequer. E foi assim que os mentores me disseram qual a quantidade de pessoas aptas a irem viver na 5ª dimensão.

Esse contingente de seres humanos aptos são os que vivem aqui na Terra cuidando do meio ambiente, ensinando as crianças a respeitarem as regras básicas, os que acreditam na lealdade, na gratidão, no acolhimento ao próximo, os que doam parte do seu tempo ao atendimento das necessidades do outro (Chico Xavier, a excepcional médium Célia, madre Tereza de Calcutá, Francisco de Assis, entre outros), os que trazem a inocência da criança, a leveza da alma, a ternura e delicadeza das pequenas atitudes, os que salvam os animais das mãos dos perversos; os idosos das mãos dos predadores carrascos. Eles são fontes de referência e inspiração para uma preparação para essa nova convivência nessa nova dimensão. É o céu na Terra, a Era do Ouro, tão prometido e propagado em que você viverá com o seu corpo físico (ou seja, não precisará desencarnar), mas que terá a alternativa de mudar de corpo, pois lá a co-criação estará ao seu alcance.

A morte, a doença, a sujeira e a pobreza que são flagelos de 3ª dimensão, não estarão presentes. Não comeremos carne e nem precisaremos nos alimentar a não ser pela forma mais natural que é de luz. Aliás, já tivemos a introdução dessa forma de alimentação por aqui. O sistema financeiro não precisará existir, pois obteremos todas as nossas necessidades sem precisar comprar nada, apenas criando. Consequentemente, não haverá competição e ponto para quem nunca acreditou que não é preciso que alguém sofra para o outro se dar bem na vida. Meu slogan sempre foi "tem que ser bom pra todo mundo, pois se não for bom pra um, alguma coisa está errada".  Essa dimensão nos permite criar o que precisamos e como estamos numa outra sintonia, ninguém ficará "criando" carros, casas, riquezas, lanchas, castelos, pois essa pessoa certamente não estará lá. A simplicidade e a certeza de que tudo poderá ser suprido sem precisar tirar nada de ninguém fará com que as pessoas se aproximem por afinidades de talentos, missões e gostos. Como somente uma pequena parte da humanidade fará essa mudança de realidade, não há problema de superpopulação. E a 5ª dimensão é apenas um degrau dos tantos a subir. Esse estágio é o inicio de uma jornada para as dimensões maiores e que nos dá uma idéia do que se pode esperar no futuro.

As capacidades psíquicas individuais estarão desenvolvidas e o DNA terá as 12 hélices despertadas. As crianças nascidas, em sua grande maioria na década de 2000 já têm o passaporte carimbado. O planeta Terra terá, na 3ª dimensão, as conseqüências das atitudes tomadas ao longo dessa jornada. E não sou eu quem diz, são os cientistas australianos que já definiram a data da morte dos oceanos que será entre 2030 e 2050. Os corais estão brotando totalmente brancos que é o primeiro sinal da 6ª extinção da vida na Terra. 

As pessoas que têm ainda a possibilidade de viverem nessa dimensão (5ª) estão tendo acelerados o seu processo de neutralização de "karma" que nada mais é do que ter consciência daquilo que ainda precisa aprender. Para muitos está sendo difícil, pois é como você estar na sala de uma faculdade tendo que fazer 5 anos em 1. Tudo está vindo à tona para que você se perdoe e aprenda. O nosso projeto reencarnatório, feito antes de nascer, por nós mesmos, muitas vezes é fundamentado num sentimento de remorso, culpa ou vergonha. Se mudarmos o foco e entendermos que de nada adianta ficar nessa e que se nos perdoarmos e procurarmos outra forma de executar aquela experiência que foi desastrosa em outras vidas ou mesmo nessa, o alívio será imediato e você funcionará pelo caminho do amor.       

Em alguns locais do planeta já podemos ver a sintonia da 5ª dimensão, como aconteceu recentemente nas Montanhas Foja, na ilha indonésia da Nova Guiné, onde foi descoberto um paraíso escondido, com mais de 700 tipos de plantas e animais. O local se manteve intocado pelos humanos. São os sinais desse céu na Terra. Algumas cidades no mundo serão aproveitadas como matrizes de réplica e no Brasil já temos várias. Viverei breve numa delas. Alguns grupos estão sendo orientados para se instalarem nelas. Então, se alguém se sentir impelido para se mudar para um local que viva em consonância com a natureza, que as casas sejam todas alicerçadas no chão. Não precisa ser longe da costa, pois a clonagem desse local para a 5ª dimensão não trará perigo de invasão de águas, o que não será possível para quem ficar em 3ª dimensão.

Uma das informações que os mentores me disseram foi que nessa dimensão encontraremos com quem quisermos e que já tenha partido pelo desencarne. Não que necessariamente estejam lá morando, pois algumas dessas pessoas ainda estão numa jornada de ascensão, mas haverá essa possibilidade de matar a saudade. Não haverá sentimento de perda, pois o desapego será uma constante. Os que não forem conosco não se lembrarão de terem nos conhecido e vice-versa. Sem sofrimento para os dois lados. Os animais de estimação poderão estar lá nos esperando para o nosso deleite (essa parte eu amei!). Eu tenho uma tropa de amigos felinos me esperando! Como não haverá hospitais, penitenciárias, delegacias, farmácias, laboratórios, consultórios, entre outros, por total falta de público, haverá muito mais de centros de estudos, universidades, teatros, cinemas, quadras de prática de esporte sem a preocupação de ganhar, ganhar, ganhar... A sociedade será organizada em torno de estudo, esporte, cultura e arte. 

A vida traz uma democrática forma de compensar. Aqueles que fizeram bem feito na sua estadia por aqui terão essa recompensa de viver em Paz, com pessoas afins, reconhecendo suas almas gêmeas para até casarem, vivendo a saúde, o amor, a abundância, a solidariedade, e a tão sonhada PAZ!
_________________________________________________________________________

TEMA QUE REQUER ATENÇÃO: RELAÇÃO INTERPESSOAL

Início de ano, muitas expectativas e esperanças para o começo de mais uma jornada. Todo começo é composto de muitas ideias, metas e objetivos, os profissionais da educação se preocupam com os conteúdos e recursos que utilizarão durante o ano, mas existe uma lacuna, um espaço, um página em branco: relação interpessoal.
Desenvolver as relações humanas, conduzir e participar do trabalho em equipe, lidar com situações conflituosas e entender sobre o comportamento dos diferentes grupos são esquecidos pela maioria dos profissionais.
As relações interpessoais acontecem de forma mais precisa quando há uma interação mais efetiva entre os indivíduos, pois estas estão ligadas a resultados finais de harmonia, sucesso e rendimento produtivo.
 O relacionar-se bem, a boa comunicação e valorização do profissional, permite maior interação e mais cooperativismo entre os líderes ( equipe gestora) e os demais membros da instituição, por meios de trocas de experiências e conhecimentos, possibilitando maior expressão de suas competências e contribuição para desenvolver as atividades.
As relações interpessoais podem ser consideradas todos e quaisquer contatos entre pessoas, esses contatos ocorrem entre indivíduos em diferentes circunstâncias e em diferentes espaços.
O desenvolvimento das relações interpessoais é fundamental, pois esse é o eixo existencial para que os indivíduos possam alcançar uma integração real e um rendimento efetivo.
 O ambiente de trabalho pode influir no comportamento das pessoas e, por conseguinte influenciar nas relações interpessoais que por conseqüência poderá afetar o progresso e os resultados em todos os sentidos.
Pode-se considerar que relacionar é dar e receber ao mesmo tempo, é abrir-se para o novo é aceitar e fazer-se aceito, buscar ser entendido e entender o outro. A aceitação começa pela capacidade de escutar o outro, colocar-se no lugar dele e estar preparado para aceitar ao outro em seu meio. Um dos fatores que colaboram para a realização favorável das relações interpessoais é o trabalho em equipe, no qual o grupo busca uma interação entre o objeto e sua finalidade.
Sem dúvida a linguagem é a principal forma de comunicação e transmissão do conhecimento, ideias, crenças e até emoções. Sua expressão no processo do relacionamento social é determinante. O convívio coletivo garante a saúde do grupo e enriquece o indivíduo que se dispõe a dedicar-se na arte da conversa. Seja ela técnica, acadêmica, social, não importa, é a conversa que cria o elo que ativa a liga da sociedade.
A boa comunicação é um fator relevante para a qualidade da relação interpessoal, pois se num ambiente de trabalho, os funcionários possuem a mesma linha de pensamento, no qual se tem um gestor que direciona o trabalho com informações necessárias para o desenvolvimento das atividades planejadas para a equipe, as ações ocorrerão com maior êxito. È preciso que o líder (gestor) esteja atento às atitudes de sua equipe, para melhor direcionar sua atuação frente aos acontecimentos, visando os interesses interpessoais e institucionais, pois numa organização as diferentes atividades devem se integrar em função de que elas não se desenvolvam separadamente.
A inexistência da comunicação entre os indivíduos em ambientes de trabalho é um fator negativo que influencia diretamente na instituição de pessoas e consequentemente na má qualidade do ensino, desenvolvimento das ações, falta de afinidade entre os grupos e a precária liderança do gestor.

ereza Cristina Val Monteiro
             Pedagoga
  • Especialista em Gestão Escolar
  • Especialista em Coordenação Pedagógica
  • Psicopedagoga                               


     Facebook: CRISTINA VAL




____________________________________________




UM PODEROSO GERADOR DE PROSPERIDADE PARA 2012

Por Andre Lima

Vou falar de uma prática muito simples que é um poderoso gerador de prosperidade. Talvez você já conheça, mas é preciso sempre relembrar. As coisas mais simples e óbvias normalmente são as que dão mais resultado e ao mesmo tempo são as que mais deixamos de praticar. Mas primeiro vou falar sobre algo negativo que devemos reconhecer e abandonar.
Existe um hábito muito comum enraizado no inconsciente coletivo que a maioria costuma praticar bastante que é o hábito de reclamar: do governo, da chuva, da falta de tempo, do marido, da mulher, dos filhos, do trabalho, do chefe, da comida, do engarrafamento, das contas, do próprio corpo, do barulho, do salário, da idade, de algo que quebrou, da incompetência dealguém, de alguma coisa que saiu fora do planejado, da fila, dos preços, dos políticos, do calor, da justiça, dos buracos na rua, da velocidade da internet, dos vizinhos, da diarista, do semáforo que fechou, dos defeitos dos outros, da sogra, do Brasil, dos mosquitos, do professor, do atendimento em algum lugar, da demora do ônibus, da falta de vaga pra estacionar, do sucesso dos outros, da falta do próprio sucesso, de não conseguir mudar, do computador que travou, da violência, da televisão, da época atual, de uma injustiça sofrida, etc, etc, etc. Essa lista poderia encher muitas páginas.
Que tipo de sentimento surge quando começamos a reclamar?
Certamente algo desconfortável.
Mesmo assim, sentimos um impulso em reclamar. É como um vício que por um lado causa desconforto mas que, por outro lado, causa uma sensação de prazer. Talvez um prazer mórbido. A cada vez que reclamamos de algo, o vício se fortalece e aquele sentimento negativo que está no pano de fundo da reclamação também. E é um dos mecanismos mais comuns que o ego utiliza para gerar negatividade e se fortalecer. Do ponto de vista prático, é raro que algo ou alguém mude pelo fato de reclamarmos, mas mesmo assim continuamos. E tem algumas coisas que realmente jamais mudarão pela nossa reclamação como o clima, o engarrafamento e outras.
Um esclarecimento: apontar alguma coisa que não saiu conforme deveria não é necessariamente reclamar. Vem um prato frio no restaurante e você pede para voltar. Isso é legítimo. Podemos falar serenamente, apenas como uma observação para o garçom, ou pode ser dito com sentimento de irritação, que é o que está por trás de toda reclamação.
Quanto mais reclamamos, mais a nossa mente fica aguçada para encontrar mais situações para reclamar. A mente tem um mecanismo de filtrar e prestar atenção àquilo que achamos importante. Quando uma mulher está grávida ou apenas querendo engravidar, ela verá muitas grávidas. Muito mais do que via antes. Quando pensamos em trocar de carro e adquirir um determinado modelo, teremos uma grande tendência em ver com muito mais frequência esse tal modelo.O mesmo acontece quando nosso foco é enxergar coisas negativas.
O reclamador profissional encontrará sempre um defeito que o fará se sentir desconfortável. Ele pode estar em um lugar maravilhoso mas a sua mente foi treinada para ver aquilo que não está em conformidade com suas expectativas. De forma inconsciente, ele dará mais importância para as poucas coisas negativas que encontrou do que para a parte boa da experiência causando mal estar para si mesmo e também para outros com seus comentários.
Além disso, pelo que se conhece por lei da atração, ocorrem as chamadas coincidências ou sincronicidades conforme a qualidade dos nossos sentimentos e pensamentos. A negatividade emocional gerada pelo hábito de reclamar acaba atraindo mais situações negativas. E é assim que muitas pessoas vão se afundando cada vez mais na negatividade sem sequer perceber.
Tomar consciência dessa negatividade é importante. Mas é ainda mais importante dissolvê-la. Sempre que encontro esse tipo de sentimento nos clientes aplico bastante *EFT (técnica para autolimpeza emocional) até que eles desapareçam completamente. Assim o impulso de reclamar daquela determinada situação se acaba, ou pelo menos atenua bastante.
Mas qual seria, então, a prática simples, porém, poderosa, para gerar prosperidade? Praticar o hábito inverso ao de reclamar. Ou seja, adotar o hábito de agradecer e de valorizar tudo de bom que acontece. Ao fazermos isso nossa mente ficará cada vez mais atenta a situações que nos trazem bem estar e vai deixando de lado o foco no que nos traz desprazer. Nosso estado emocional vai, então, ficando cada dia melhor. Pela lei da atração, ao adotar o hábito de agradecer, vamos atrair cada vez mais situações agradáveis.
Tudo isso pode parecer muito simples e óbvio. E é mesmo. Mas não subestime o poder dessa prática por isso.
Para reforçar a prática da gratidão, você pode criar uma lista de todas coisas pelas quais você é grato. Pode incluir bens materiais, pequenos objetos, pessoas, qualidades que você tenha, qualidades de outras pessoas, saúde física, a natureza, a respiração, enfim, tudo que você quiser.
Essa lista deve ser grande. No começo, pode ser difícil encontrar tantas coisas assim pelas quais você se sente grato. Isso se deve ao hábito antigo de reclamar. A mente não foi treinada para encontrar coisas positivas. Mas com um pouco de prática ficará cada vez mais fácil. À medida que o tempo passar, encontrar coisas pelas quais se sente gratidão se tornará algo natural e sem esforço.
Além de fazer a grande lista, é preciso que você dedique alguns minutos do seu dia para ler a lista procurando sentir verdadeiramente a gratidão por tudo aquilo.
Gerar o sentimento é o que mais importa. É ele quem vai ajudar a atrair cada vez mais prosperidade em todos os sentidos da vida.





___________________________________________________


Alzheimer:  uma moléstia espiritual.

É Possível Evitar
Por.: Dr. Américo Marques Canhoto

Américo Marques Canhoto, médico especialista, casado, pai de quatro filhos, nasceu em Castelo de Mação, Santarém, Portugal. Médico de família desde 1978. Atualmente, atende em São Bernardo do Campo e São José do Rio Preto - Estado de São Paulo - BR. 
Conheceu o Espiritismo em 1988. Recebia pacientes que se diziam indicados por um médico: Dr. Eduardo Monteiro. - Procurando por este colega de profissão, descobriu que esse médico era um espírito, que lhe informou: Alzheimer acima de tudo é uma moléstia que reflete o isolamento do espírito. 
Queremos dividir com os leitores um pouco de algumas das observações pessoais a respeito dessa moléstia, fundamentadas em casos de consultório e na vida familiar - dois casos na família. 
Achamos importante também analisar o problema dos “cuidadores” do doente. 
Além de trazer à discussão o problema da precocidade com que as coisas acontecem no momento atual. 
Será que as projeções estatísticas de alguns anos atrás valem para hoje?
Serão confiáveis como sempre foram? 
Se tudo está mais precoce, o que impede de doenças com possibilidade de surgirem lá pelos 65 anos de idade apareçam lá pela casa dos 50 ou até menos
Alerta 
É incalculável o número de pessoas de todas as idades ( até crianças ) que já apresentam alterações de memória recente e de déficit de atenção ( primeira fase da doença de Alzheimer ). Lógico que os motivos são o estilo de vida atual, estresse crônico, distúrbios do sono, medicamentos, estimulantes como a cafeína e outros etc. 
Mas, quem garante que nosso estilo de vida vai mudar?
Então, quanto tempo o organismo suportará antes de começar a degenerar?
É possível que em breve tenhamos jovens com Alzheimer? 
Alguns traços de personalidade das pessoas portadoras de Alzheimer, que  em nossa experiência, temos observado algumas características que se repetem: 
·             Costumam ser muito focadas em si mesmas; 
·             Vivem em função das suas necessidades e das pessoas com as quais criam um processo de co-dependência e até de simbiose. (A partir do momento que a outra pessoa passa a não querer mais essa dependência ou simbiose, o portador da doença (que ainda pode não ter se manifestado), passa a não ter mais em quem se apoiar, e ao longo do tempo desenvolvem processos de dificuldade com orientação espacial e temporal); 
·             Seus objetivos de vida são limitados (em se tratando de evolução)
·             São de poucos amigos, gostam de viver isoladas; 
·             Não ousam mudar, conservadoras até o limite; 
·             Sua dieta é sempre a mesma. (Os alimentos que fogem às suas preferências, fazem-lhes mal, portanto os alimentos são muito restritos); 
·             Criam para si uma rotina de 'ratinho de laboratório'; 
·             São muito metódicas.  ( Sempre os mesmos horários, e sempre as mesmas coisas, mesmos alimentos, mesmas roupas); 
·             Costumam apresentar pensamentos circulares e idéias repetitivas bem antes da doença se caracterizar; 
·             Cultivam manias e desenvolvem TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo); 
·             Teimosas, desconfiadas, não gostam de pensar; 
·             Leitura os enfastia; 
·             Não são chegadas em ajudar o próximo; 
·             Avessas á prática de atividades físicas; 
·             Facilmente entram em depressão; 
·             Agressividade contida; 
·             Lidam mal com as frustrações que sempre tentam camuflar; 
·             Não se engajam em nada, sempre dando desculpas para não participar; 
·     Apresentam distúrbios da sexualidade como impotência precoce e frigidez; 
·             Bloqueadas na afetividade e na sexualidade, algumas têm dificuldades em manifestar carinho, para elas um abraço, um beijo, um afago requer um esforço sobre-humano.  
Gatilhos que costumam desencadear o processo 
    Na atualidade a parcela da população que corre mais risco, são os que se aposentam - especialmente os que se aposentam cedo e não criam objetivos de vida de troca interativa em seqüência. Isolam-se. 
    Adoram TV porque não os obriga a raciocinar, pois não gostam de pensar para não precisar fazer escolhas ou mudanças. 
    Avarentos de afeto e carentes de trocas afetivas quando não podem vampirizar os familiares ou parentes, deprimem-se escancarando as portas para a degeneração fisiológica e principalmente para os processos obsessivos. Nessa situação degeneram com incrível rapidez, de uma hora para outra.  
Alzheimer e mediunidade 
    No decorrer do processo os laços fluídicos ficam tão flexíveis que eles falam com pessoas que não enxergamos e nem sentimos. 
    Chegam a transmitir o que dizem os desencarnados ou são usados de forma direta para comunicações. 
    Esta condição fluídica permite que acessem com facilidade ao filme das vidas passadas (bem mais a última) - muitas vezes nesses momentos, nos nomeiam e nos tratam como se fossemos outras pessoas que viveram com eles na última existência e nos relatam o que 'fizemos' juntos, caso tenhamos vivido próximos na última existência. 
    Vale aqui uma ressalva, esse fato ocorre em muitos doentes terminais e em algumas pessoas durante processos febris. 
Obsessão 
    É bem comum que a doença, insidiosamente, se instale através de um processo arquitetado por obsessores, pois os que costumam apresentar essa doença não são muito adeptos da ajuda ao próximo e do amor incondicional; daí ficam vulneráveis às vinganças e retaliações. 
    É raro que bons tarefeiros a serviço do próximo transformem-se em Alzheimer. 
    Mas, quem é ou quais são os alvos do processo obsessivo? O doente ou a família? 
    Alzheimer - o umbral para os ainda encarnados 
    O medo de dormir reflete, dentre outras coisas, as companhias espirituais nada agradáveis. (Passam a noite andando pela casa, quando não estão atacando os que dormem) 
    Os “cuidadores” desses pacientes teem mil histórias a contar e muitos depoimentos a fazer. Esse assunto merece muitos comentários. 
O espírito volta para a vitrine 
    Tal e qual o espírito que reencarna; pois na infância nosso espírito está na vitrine, já que ainda não sofreu a ação da educação formal atual. 
    Esse tipo de doença libera toda a nossa real condição que, perde as contenções da personalidade normal e mostra sua verdadeira condição: nua e crua. 
    Para quê?
    Quem pode se beneficiar com isso?
    Serão os familiares mais atentos?
    Os profissionais da saúde? 
Como médico, tive um caso curioso: nosso paciente se beneficiava na parte cognitiva com a medicação específica mas, tivemos que suspendê-la, pois, ele que antes parecia um 'docinho de coco', com o evoluir da doença, mostrou sua personalidade agressiva (uma característica da doença é o aumento gradativo da agressividade) e manifestava-se de tal forma que chegou a ser expulso de uma clínica especializada pois, do nada, agredia os outros internos - na decisão de consenso optou-se por manter as tradicionais 'camisas de força'(remédios que todos conhecem ). 
Os cuidadores 
    Mesmo com medo de ter que “cuidar de uma criança mal educada”  como se tornam os portadores dessa doença, ela não deixa de ser uma oportunidade ímpar de desenvolverem qualidades espirituais a “toque de caixa” . 
    Feliz de quem encara essa tarefa sem dia sem noite, sem férias. Pena que algumas pessoas não sejam capazes de suportar tal tarefa com calma. Quem se arrisca a encarar com bom humor e realizar o que for possível ajudando a esse irmão? Quase em todos os casos fica difícil distinguir quem é o doente, se quem está com Alzheimer ou o cuidador. 
    Serão os cuidadores vítimas ou felizardos? O que isso tem a ver com o passado? É para se pensar... Quantos cuidadores se tornarão doentes?  “Cuidadores” costumam não aprender nada e, repetem a lição para os outros, tornam-se ferramentas de aprendizado. 
    O que é possível aprender como cuidador?
Paciência, tolerância, aceitação, dedicação incondicional ao próximo, desprendimento, humildade, inteligência, capacidade de decidir por si e pelo outro. 
 Amor. 
    Para o 'cuidador' é diferente o Alzheimer rico do pobre? 
    O pobre sendo cuidado pela família e o rico sendo cuidado por terceiros. 
    Quem ganha o quê e quanto? 
    Terceirizar tem algum mérito? 
    Tornar-se doente de Alzheimer na classe média é uma loteria; por quem ou onde serão '”cuidados” ? 
    Cuidador ou responsável? 
    Tal e qual na infância temos pais ou responsáveis, neste caso vale a mesma analogia. 
    O que o cuidador ganha ou perde? 
    Vale a pena abdicar de uma tarefa de vida para cuidar de uma pessoa que tudo fez para ficar nessa condição de necessitado? 
    Quem ou o que dita os valores?  Em que condições?
    Na dúvida chame Jesus, Ele explica tudo muito bem... 
O problema da obsessão 
P - Quem obsedia quem?
R - Cuidador e doente são antigos obsessores um do outro - não é preciso recuar muito no tempo, pois mesmo nesta existência, com um pouco de honestidade dá para analisar o processo em andamento; na dúvida basta analisar as relações familiares, como as coisas ocorreram. 
P - Não foi possível?
R - Não importa; basta que hoje, no decorrer do processo da doença, avaliemos o que nos diz o doente nas suas 'crises de mediunidade' :
- você fez isso ou aquilo, agora vai ver! - preste muita atenção em tudo que o doente diz, pois aí, pode estar a chave para entendermos a relação entre o passado e o presente. 
P - Quem ganha e quem perde a briga? 
R - O doente parece estar em situação desfavorável, pois aparentemente perdeu a capacidade de arquitetar, decidir - mas, quem sabe ele abriu mão disso, para tornar-se simples instrumento de outros desencarnados que estão em melhores condições de azucrinar a vida do inimigo (alianças e conchavos) - Quem sabe? 
A dieta influencia 
    Os portadores da doença costumam ter hábitos de alimentação sem muita variação centrada em carboidratos e alimentos industrializados. ( Principalmente em alimentos que dão sob a terra)  
    Descuidam-se no uso de frutas, verduras e legumes frescos, além de alimentos ricos em ômega 3 e ômega 6; 
    Devem consumir mais peixe e gorduras de origem vegetal (castanha do Pará, nozes, coco, azeite de oliva extra virgem, óleo de semente de gergelim). 
    Estudos recentes mostram que até os processos depressivos podem ser atenuados ou evitados pela mudança de dieta. 
    Doença silenciosa?
Nem tanto, pois avisos é que não faltam, desde a infância analisando e estudando as características da criança, é possível diagnosticar boa parte dos problemas que se apresentarão para serem resolvidos durante a atual existência, até o problema da doença de Alzheimer. Dia após dia, fase após fase o quadro do que nos espera no futuro vai ficando claro. 
Fique esperto: Evangelize-se ( no sentido de praticar não de apenas conhecer) para não precisar voltar a usar fraldas. 
O mal de Alzheimer é hereditário?  Pode ser transmitido? 
Sim pode, mas não de forma passiva inscrito no DNA, e sim, pelo aprendizado e pela cópia de modelos de comportamento. 
Lógico que pode ser contagioso ( ? – pesquisar – Alzheimer ou qualquer outra doença sempre é particular); mas pela convivência descuidada fruto de uma educação sem Evangelização. 
Remédios resolvem?
Ajudar até que ajudam; mas resolver é impossível, ilógico e cruel se, possível fosse - pois, nem todos tem acesso a todos os recursos ao mesmo tempo. 
Remédios usados sem a contrapartida da reforma no pensar, sentir e agir podem causar terríveis problemas de atraso evolutivo individual e coletivo, pois apenas abrandam os efeitos sem mexer nas causas. Tapam o sol com a peneira. 
Remédios previnem?
Claro que não - apenas adiam o inexorável.
Quanto a isso, até os cientistas mais agnósticos concordam.  
Um dos mais eficazes remédios já inventados foram os grupos de apoio à terceira idade. 
A convivência saudável e as atividades que possam ser feitas em grupo geram um fluxo de energia curativa. 
A doença de Alzheimer acima de tudo é uma moléstia que reflete o isolamento do espírito que se torna solitário por opção. O interesse pelos amigos é um bom remédio. 
O ato de nos vacinarmos contra a doença de Alzheimer é o de estudar as características de personalidade, caráter e comportamento dos que a vivenciam, para que não as repitamos. A melhor e mais eficiente delas é o estudo, o desenvolvimento da inteligência, da criatividade e a prática da caridade. 
Seguir ao pé da letra o recado que nos deixou o Espírito da Verdade: 
'Amai-vos e instruí-vos'
Quer evitar tornar-se um Alzheimer? 
Torne sua vida produtiva, pratique sem cessar o perdão e a caridade com muito esforço e inteligência. 
Muito mais há para ser analisado e discutido sobre este problema evolutivo que promete nos visitar cada dia mais precocemente, além das dúvidas que levantamos esperamos que os interessados não se furtem ao saudável debate.
"O desapego é necessário para o crescimento espiritual." 
E aqui fica a célebre frase de todo doente de Alzheimer:

“Quero voltar para minha casa”

Que casa seria esta?

_________________________________________________________



“Dentro do desenvolvimento desta raça humana planetária, vá­rios ensinamentos evolutivos foram sendo posicionados, estrutura­dos e compilados dando origem a inúmeras teorias que sustentaram um acervo elevado de práticas evolutivas, principalmente através dos caminhos religiosos e filosóficos. Na época de Jesus, estes conheci­mentos aglomeravam-se nas denominadas escrituras. Sabe-se que o conhecimento teórico dos ensinamentos evolutivos é básico para um direcionamento mais adequado às práticas nesta direção. Atualmente, estes ensinamentos instrutivos estão se dispondo por várias “mídias”, já utilizando um termo do upgrade evolutivo da era de aquário. O Coiote nos lembra que, com o início da entrada das energias cósmi­cas de aquário, inúmeras tecnologias como a imprensa, a transmissão de imagens (TV, Cine, Foto, etc.), a aviação e a cibernética (computado­res e internet), por exemplos, foram introduzidas na Terra nos últimos anos acelerando os processos evolutivos individuais e coletivos desta humanidade. Todos estes elementos existenciais transitórios estão à disposição do mundo dos céus para a divulgação de suas ordens ins­trutivas para a Terra. As escrituras dos tempos de Jesus devem ficar no contexto do seu passado, sem desmerecer os seus valores e, cabe aos caminhantes da senda espiritual se atualizarem discriminando as no­vas formas de “Deus” se comunicar, reconhecendo o atual propósito destas manifestações neste novo tempo.”
 (Extraído do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 226, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011)


VOCÊ ESTÁ MUDANDO O MUNDO

Você é uma magnífica criação de Deus divinamente inspirada. Você está aqui na Terra durante este tempo muito tumultuado na história com um propósito sagrado. Cada alma que está aqui agora, e cada alma que chega à Terra agora, está aqui para participar do significativo processo de transformação que está acontecendo na Terra. Você não está aqui por acaso, mas através de um plano. Você tem algo de extraordinário e precioso para contribuir com o mundo, e agora é o momento para que tudo o que você é seja revelado e cumprido.


Este processo de transformação da Terra é mais do que simplesmente mudanças na Terra e transformações ambientais. O Planeta Terra é um ser vivo que esperou pacientemente em sua evolução por este momento grandioso, quando os portais espirituais de luz começariam a se abrir e permitir que ele se expandisse e evoluísse para um novo nível de Si mesmo. Esta mudança espiritual tem profundo significado para toda a vida, e muitos bilhões de almas se reuniram para estarem fisicamente presentes durante este tempo, para participarem e experienciarem esta mudança.
Para todas as almas, e para você em particular que foram guiados pelo seu coração para ler esta mensagem, há uma profunda e milagrosa cura possível agora em sua vida. Tudo o que tem sido um fardo pesado em seu coração, tudo o que o limitou e o manteve separado de Deus e do seu verdadeiro eu interior, é agora capaz de ser plena e completamente liberado e transformado. Esta é a razão pela qual muitas almas estão aqui agora: para serem transformadas e impulsionadas para um novo nível de si mesmos.


Neste momento na Terra, vocês estão vendo o início de um intenso processo de purificação. Tudo o que esteve fora de harmonia e separado da santidade e do amor de Deus, está sendo exposto e visto. O processo de testemunhar e de ver tal negatividade enquanto ela está sendo liberada, é doloroso para todos os corações suportarem. Todos os corações que estão abertos e cheios do amor de Deus clamam diante das terríveis injustiças e atrocidades que estão sendo manifestadas no cenário mundial. O caminho através deste tempo de purificação não é fechar o seu coração para evitar sentir a dor, nem é se unir às energias negativas, tornando-se zangado, desesperado ou amargo. Pelo contrário, o caminho se encontra nos recessos do seu coração, que conhece a pureza, a inocência e o amor. O caminho é se entregar ao amor de Deus e abrir o seu coração ainda mais. Ore para amar mais, perdoar mais, libertar o seu próprio ser do ressentimento, da amargura e do ódio. Ore para alcançar mais fé e uma porta será aberta para você.


Quando o seu coração e a sua consciência se alinham com o amor de Deus, com a luz e a verdade, então você não fica mais vulnerável às energias negativas do medo, do desespero ou do cinismo. Você se torna uma luz para os outros, e a sua presença começa a ter um efeito positivo nos outros ao seu redor. Até a própria Terra se beneficia da sua presença física, pois quando você se alinha com o amor e a luz de Deus, então você se torna um canal Divino para que a Luz de Deus entre na Terra mais completamente, auxiliando-a em seu próprio processo de transformação.
Um dia toda a vida fisicamente encarnada virá a se conhecer como Um com o Divino. As pessoas não mais se sentirão separadas e solitárias. Até os animais terão um relacionamento diferente uns com os outros, com as pessoas e com a Terra, quando a consciência de separação tenha se dissolvido e os portais da Luz de Deus tenham despertado a Humanidade.


Você, meu querido, tem diante de você uma responsabilidade magnífica. Cada pensamento que você tem, cada palavra que você expressa e cada ação que empreende, tem um impacto na teia maior da vida com que você está conectado. Neste momento quando tanta negatividade está sendo expressa no mundo, sua escolha de manter uma consciência de amor, de paz, de esperança e de fé, faz uma contribuição significativa à rede de Luz que está sendo criada na Terra.


Há muito sofrimento acontecendo no mundo e o amor e a luz são necessários. Sua consciência, sua percepção e os seus pensamentos causam um impacto nesta rede de luz. Suas preces fortalecem outros, e ajudam a manter e a confortar aqueles que estão sofrendo. Suas preces têm um impacto imenso, muito maior do que você imagina, e assim nós encorajamos todos vocês que sentem uma abundância do amor de Deus em seus corações que orem por aqueles que precisam.


O caminho através deste tempo de purificação é o amor de Deus. Embora muitos ainda não possam sentir este amor, ele está presente e crescendo na Terra. Sua escolha para o amor transforma o mundo, e nós lhe agradecemos muito pela sua participação neste tempo sagrado.

Mensagem de Julie Redstone
Outubro de 2011.

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br




Fundamentos filosóficos da Maçonaria 
Nossa Augusta Ordem é uma instituição em que o filosofar é tarefa que requer todo o nosso interesse e reclama todo o nosso esforço. Em cada um de nossos símbolos, em cada página de nossos Rituais e em cada etapa da História Maçônica, temos sempre algum vestígio ou princípio de caráter filosófico. Não se pode ser maçom autêntico sem adentrar ao estudo filosofia, especialmente no Grau de Companheiro.
Perguntaram, certa vez, a um filósofo: “Para que filosofia?” E ele respondeu: “Para não darmos nossa aceitação imediata às coisas, sem maiores considerações”. A primeira resposta à perguntas “ O que é filosofia? “ pode ser, pois, a decisão de não aceitar como óbvias e evidentes as coisas, as idéias, os fatos, as situações, os valores, os comportamentos de nossa existência cotidiana; jamais aceitá-los sem antes havê-los investigado e compreendido. Em outras palavras, distinguir o real do aparente.
A filosofia começa dizendo não às crenças e aos preconceitos do senso comum, e, portanto, começa dizendo que não sabemos o que imaginávamos saber. Por isso Sócrates, o patrono da Filosofia, afirmava que a primeira e fundamental verdade filosófica é dizer: “Sei que nada sei”.
Preliminarmente, busquemos conhecer suas origens. A palavra filosofia é grega, composta pela junção de duas outras: Philo e Sophia. Philo significa amizade, amor fraterno. Sophia que dizer sabedoria e dela vem a palavra sophos, sábio. Filosofia significa, portanto, amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. O filósofo é aquele que ama a sabedoria, que tem amizade pelo saber, que deseja saber.
Os Historiadores de Filosofia dizem que ela nasceu no século 7º e início do século 6º antes de Cristo, embora não seja um fato especificamente grego.
Em verdade, a Filosofia grega tem dívida com a sabedoria dos orientais, não só porque as viagens colocaram os gregos em contato com os conhecimentos produzidos por outros povos (sobretudo os egípcios, persas, babilônios, assírios e caldeus), mas também porque os dois maiores formadores da cultura grega antiga, os poetas Homero e Hesíodo, encontraram nos mitos e nas religiões dos povos orientais, bem como nas culturas que precederam a grega, os elementos para elaborar a mitologia grega que, depois, seria transformada racionalmente pelos filósofos.
É que os gregos imprimiriam mudanças de qualidade tão profundas no que receberam do Oriente e das culturas precedentes, que até parece terem criado sua cultura a partir de si mesmos. Dessas mudanças, podemos mencionar algumas que nos darão a idéia da originalidade grega:
Os gregos transformaram em matemática (aritmética, geometria, harmonia) o que eram expedientes práticos para medir, contar e calcular; transformaram em astronomia (conhecimento racional da natureza e do movimento dos astros) aquilo que eram práticas de adivinhação e previsão do futuro; transformaram em medicina (conhecimento racional sobre o corpo humano, a saúde e a doença) aquilo que eram práticas de grupos religiosos secretos para a cura milagrosa das doenças.
Os gregos, diante da herança recebida, inventaram a idéia ocidental da razão como um pensamento sistemático que segue regras, normas e leis de valor universal, isto é, válidas em todos os tempos e lugares. Assim, por exemplo, em qualquer tempo e lugar 2+2 será sempre igual a 4; o triângulo terá sempre três lados; o Sol sempre será maior do que a terra, ainda que pareça menor do que ela etc.
Os gregos não inventaram apenas a ciência ou a filosofia. Mas inventaram também a política(palavra que vem de polis, que, em grego, significa cidade organizada por leis e instituições),instituindo práticas pelas quais as decisões eram tomadas a partir de discussões e debates públicos e eram adotadas ou revogadas por voto em assembléias públicas; estabeleceram instituições públicas (tribunais, assembléias, separação entre a autoridade do chefe de família e autoridades pública, entre autoridade político-militar e autoridade religiosa) e, sobretudo, criaram a idéia da lei e da justiça como expressão da vontade coletiva pública e não como imposição da vontade de um só ou de um grupo, em nome de divindades.
Analisemos a Filosofia grega em seus dois primeiros períodos: o pré-socrático, ou cosmológico, e o socrático, ou antropológico.
Os principais expoentes do período cosmológico foram Tales de Mileto, Pitágoras e Parmênides. Como principais características dessa época, podemos destacar a explicação racional sobre a origem, ordem e transformação da natureza, da qual os serem humanos fazem parte;a afirmação de que “nada vem do nada e nada volta ao nada “, isto é, que o mundo (cosmo) ou a Natureza é eterno; que nada se cria ou tudo se transforma sem jamais desaparecer; e a afirmação de que todos os serem além de serem gerados e serem mortais estão em contínua transformação, sem por isso perder sua ordem, sua forma e sua estabilidade. A mudança – nascer, morrer, mudar de qualidade ou de quantidade – chama-se movimento. E o mundo está em movimento permanente.
Já o filósofo Sócrates, considerado o patrono da Filosofia, propunha que antes de querer conhecer a Natureza e antes de querer persuadir os outros, cada um deveria, primeiro, conhecer-se a si mesmo. A expressão “conheça-te a si mesmo”, gravada no pórtico do Templo de Apolo, patrono grego da sabedoria, tornou-se a divisa de Sócrates.
Por fazer do autoconhecimento ou do conhecimento que os homens têm de si mesmos a condição de todos os outros conhecimentos verdadeiros, é que se diz que o período socrático é antropológico, isto é, voltado para o conhecimento do homem, particularmente do seu espírito e de sua capacidade para conhecer a verdade.
O retrato que a história da Filosofia possui de Sócrates foi traçado por seu mais importante aluno e discípulo, o filósofo ateniense Platão. Segundo ele, Sócrates era um homem que andava pelas ruas e praças de Atenas, pelo mercado e pela assembléia, indagando a cada um: “Você sabe o que é isso que você está dizendo?” “Você acha que conhece realmente aquilo em que acredita, aquilo em que está pensando, aquilo que está dizendo?” “Você diz”, falava Sócrates, “o que a coragem é importante, mas o que é a justiça?” Você acredita que a justiça é importante, mas que é a justiça? Você diz que ama as coisas e as pessoas belas, mas o que é beleza?
Sócrates fazia perguntas sobre as idéias, sobre os valores nos quais os gregos acreditavam e que julgavam conhecer. Sua perguntas deixavam os interlocutores embaraçados, pois quando tentavam responder, descobriam surpresos, que nunca tinham pensado em suas crenças, seus valores e suas idéias.
Mas o pior não era isso. O pior é que as pessoas esperavam que Sócrates respondesse por elas ou para elas, mas Sócrates, para desconcerto geral, dizia: “Eu também não sei, por isso estou perguntando”.
A consciência da própria ignorância é o começo da Filosofia. O que procurava Sócrates? Procurava a essência verdadeira da coisa, da idéia, do valor. Procurava o conceito e não a mera opinião.
Qual a diferença entre uma opinião e um conceito?
A opinião varia de pessoa para pessoa, de lugar para lugar, de época para época. É instável, mutável, depende de cada um, de seus gostos, e preferências. O conceito, ao contrário, é uma verdade intemporal, universal e necessária que o pensamento descobre, após análise racional, reflexão isenta de preconceitos e pela prática da meditação.
Ao fazer suas perguntas e suscitar dúvidas, Sócrates fazia os atenienses pensar, não só sobre si mesmos, mas também sobre a polis. Aquilo que parecia evidente acabava sendo percebido como duvidoso e incerto. Para os poderosos de Atenas, Sócrates tornara-se um perigo. Por isso, eles o acusaram de desrespeitar os deuses, corromper os jovens e violar as leis.
Levado perante a assembléia, Sócrates não se defendeu e foi condenado a tomar um veneno – a cicuta – e obrigado a se suicidar. Por que Sócrates não se defendeu? “Porque”, dizia ele, “se eu me defender, estarei aceitando as acusações, e eu não as aceito. Se eu me defender, o que os Juízes vão exigir de mim? Que eu pare de filosofar. Mas eu prefiro a morte a ter de renuncia à Filosofia”. Essa narrativa consta da obra Apologia de Sócrates, isto é, a defesa de Sócrates feita por seus discípulos, contra Atenas.
Ao longo da história, o pensamento filosófico percorreu os mais variados caminhos, seguiu interesses diversos, elaborou muitos métodos de reflexão e chegou a várias conclusões, em diferentes sistemas. É verdade que muitos desses sistemas filosóficos e até mesmo religiosos tidos como doutrinas verdadeiras acabaram por se tornar equivocados, na medida em que se arrogaram detentores exclusivos da Verdade, surgindo daí os dogmas, isto é, os pontos indiscutíveis de qualquer doutrina ou sistema, que devem ser aceitos sem exame e sem crítica.
Ocorre que a Verdade, esse mistério inatingível, que nos atrai com força irresistível, é muito vasta, muito vivaz, muito livre e muito sutil para deixar-se prender, imobilizar e petrificar na rigidez de um sistema filosófico. Cada ser humano detém a sua verdade, que é a concepção do momento em torno de um assunto, problema ou equação. As verdades científicas, então, são as mais mutáveis. Basta lembrar que em determinado momento da história da humanidade acreditava-se que a Terra era quadrada. Em outra época, que ela era o centro do Universo, com os demais planetas girando em seu redor.
Tudo isso nos leva a concluir que a Verdade Absoluta é algo inatingível, é uma abstração. Aliás, a essência da Filosofia não é a verdade absoluta, senão a busca da mesma, o que o Maçom faz, incessantemente, a partir da Iniciação. O saber filosófico maçônico nunca está findo ou concluso, pois filosofar é buscar o saber. As perguntas têm, na filosofia maçônica, maior importância que as respostas, pois, valendo-se do valor dos símbolos, toda resposta provoca e gera outra pergunta.
Uma fórmula moderna do que se deve entender por filosofa é conversar consigo mesmo, refletir sobre os próprios pensamentos e meditar para, finalmente, encontrar a sua verdade. São atividades interiores cujos resultados tem se revelado dos mais promissores, posto que brota e floresce da própria consciência. Infelizmente, a atividade filosófica não surge para todos os Maçons, nem se faz presente no momento da Iniciação, uma vez que nem todos estão sintonizados com esses valores.
Essa flexão corre porque o homem vive submerso e afogado na vida puramente substantiva e animal, ocupado em satisfazer suas necessidades vitais. Essa maneira de viver é fomentada, na atualidade, pelo mundo da ciência e da tecnologia. Somos escravos do relógio.
Trabalhamos como máquinas, obedecemos cegamente a hábitos e rotinas, cumprimos atos triviais e sem sentido, desenvolvemos o ritual em Loja sem nos preocuparmos com o seu real significado. Não podemos “perder tempo” ouvindo um amigo, olhando as estrelas, brincando com uma criança ou vendo um por-do-sol.
Pitágoras contava três tipos de pessoas que compareciam aos jogos olímpicos, a festa mais importante  da Grécia: as que iam praticar o comércio durante os jogos, ali estando apenas para servir a seus interesses, sem preocupação com os jogos ou com as disputas; as que iam para competir, isto é, os atletas e os artistas, pois havia também competições de dança, poesia, música e teatro; e finamente as que iam para contemplar os jogos e torneios, para avaliar o desempenho e julgar o valor dos que ali se apresentavam. Esse terceiro tipo de pessoa,dizia Pitágoras, é o filósofo.
Com isso, Pitágoras queria dizer que o filósofo não é movido por interesses financeiros, não coloca o saber como propriedade sua, como uma coisa para ser comprada e vendida no mercado. Também não é movido pela competição, quer dizer, não faz das idéias e dos conhecimentos uma habilidade para vencer competidores ou atletas intelectuais, mas é movido pelo desejo de observar, contemplar,julgar e avaliar as coisas, as ações, a vida. Em resumo: pelo desejo de saber. A verdade não pertence a ninguém, ela é o que buscamos e está diante de nós para ser contemplada e vista, se tivermos olhos do espírito para vê-la.
O Maçom há de ser um filósofo, na medida em que deve amar a sabedoria, buscar incessantemente a verdade, ir além das aparências, combater a ignorância e os preconceitos, discutir idéias e não coisas, e, principalmente, refletir sobre o Enigma da Vida: “De onde viemos, o que somos, para onde vamos?” Qual o verdadeiro sentido da vida? Qual o nosso papel na sociedade em que vivemos? Quais as nossas possibilidades, quais as nossas responsabilidades? Estamos colocando à Glória do Grande Arquiteto – e a serviço da humanidade – os talentos que Ele nos dotou? Estamos ajudando a construir uma sociedade mais justa e perfeita?
Cada um que tire suas conclusões...
Ir.´.  Ricardo Aparecido dos Reis
fonte: Blog Formadores de Opinião


_________________________________________________________________







O QUE É SER MATERIALISTA OU ESPIRITUALISTA ?

A espiritualidade é encontrada nas coisas simples da vida, por isso é também mais abrangente. Para melhorar esse entendimento vamos esclarecer alguns conceitos:
O que é uma pessoa espiritualizada ou espiritualista?
Alguém que tem uma conduta de vida baseada não somente nas leis da matéria ou do plano físico.
É quem que busca respostas no silêncio de uma oração, que compreende que sucesso é muito mais do que meras conquistas materiais.
Ser espiritualista é viver a vida considerando a força de uma energia Divina, não vista a olhos nus.
É saber da importância do pensamento positivo e suas consequências, é compreender a força de uma oração e entender que temos uma missão pessoal e coletiva nessa vida e buscar uma conduta nessa direção.
Ser espiritualista é saber-se se eterno, que todos nesse mundo somos um, que o amor é a nossa meta maior.
Ser espiritualista é estar aberto ao contato direto com a Fonte Divina, aprendendo a cada dia mais através da intuição, da meditação e dos momentos de silêncio que cada ser precisa buscar.
Ser espiritualista é viver aqui na Terra com propósito sintonizado com a Vontade Maior, e isso quer dizer, ter um estilo de vida pautado em basicamente aprender, ensinar e ajudar.
Ser espiritualista é buscar a felicidade, a abundância e a liberdade de pensamentos.
E uma pessoa materialista, o que é?
Alguém que tem como diretriz de vida a busca por bens e acontecimentos de ordem material e que não possui, em sua gama de valores, a consciência de que somos muito mais do que um corpo físico.
Dessa forma, todas as suas crenças e todas as suas atitudes são alinhadas a essas convicções.
Neste momento da história da humanidade, estamos vivendo um período mágico, no que se refere à liberdade em todos os sentidos, proporcionando à grande maioria das pessoas que busquem sua espiritualidade onde quiserem, da maneira como quiserem, sem medos ou culpas.
Sempre que falamos em espiritualidade, é comum haver essas comparações entre ser espiritualista e ser materialista.
É possível sermos materialistas e espiritualistas ao mesmo tempo.
Ou seja, valorizarmos o mundo físico, conquistas materiais e sermos plenamente desenvolvidos em nossa espiritualidade.
Se vivemos em um mundo material, com tantos recursos que ajudam nossa vida a ser cada vez menos sofrida e mais confortável, por que não aproveitarmos essas dádivas? Um carro, para se locomover, uma boa casa para morar, a internet, o telefone são facilitadores de nossa vida cotidiana. Então, por que abrir mão das coisas boas aqui da Terra? O grande problema por trás disso tudo é que as pessoas se fascinam tanto com bens de consumo e posses, que acabam se hipnotizando.
Essa hipnose provoca total afastamento de sua essência espiritual, reforçando aspectos inferiores da personalidade, como, por exemplo, o apego, a ambição e a vaidade.
O mais adequado nessa situação é a pessoa batalhar pelas conquistas materiais, porém jamais tê-las como prioridade número um em sua vida.
O materialista procura resolver os problemas da vida à sua moda. Acha que o dinheiro resolve tudo, que presentes conquistam as pessoas, que bens de consumo alimentam a alma.
A pessoa materialista, que não desenvolve a sua consciência espiritual, mesmo tendo muito dinheiro, torna-se alguém muito pobre, quase miserável, porque a pior pobreza é a de espírito.
Refletindo sobre tudo isso, faço a pergunta:
Por que nos espiritualizarmos? Porque é a única maneira de encontrarmos realização e felicidade de forma real.
Porque é a única forma de encontrarmos e realizarmos o nosso propósito aqui na Terra.
Espiritualizar-se é o caminho ideal para quem quer ser livre, leve e realizado.



Paz e Luz em seu coração!

Por: Bruno J. Gimenis




_______________________________________________________________________





VIVER SENTINDO


A importância de viver sentindo, vai muito mais além das meras conclusões que formamos ao longo de nossas experiências.
Aprendemos a cada dia, que nossas idéias ainda que sejam maduras e planejadas, nem sempre são conclusivas ou definitivas, isto por que, a todo instante estamos mudando nossos pensamentos e aplicando de acordo com as mudanças repentinas dos meios que achamos para realizá-las.
O dia a dia convivendo com tudo e todos, é a melhor forma de aprender a nos melhorar, pensar com inteligência para assim,  planejar nossos projetos. Para realizar um projeto é preciso QUERER, DETERMINAÇÃO como dispositivo de convicção e por fim a PERSISTÊNCIA.
A persistência é o combustível do querer, é ela que purifica os meios e os caminhos a serem percorrido para a realização. Não se realiza uma obra perfeita da noite para um dia, é preciso tempo e planejamento para que tudo seja edificado em uma estrutura firme e dentro das Leis UNIVERSAL. Porém há quem se desespere no meio do caminho por motivos diversos de dificuldades, e assim se entregam nos braços da derrota. O desanimo, ainda é a causa comum daqueles que não persiste, estes são os colaboradores da desordem, e se tornam marionetes nas mãos dos ignorantes invisíveis.
O conhecimento das Leis ensina ao SER HUMANO a ser e sentir a sublime criação de Deus,  dispõe de um manancial incalculável de conhecimento para que o Ele realize a obra mais perfeita e bela do Universo: A EVOLUÇÃO DA ALMA!
Dentro das Leis encontramos tudo o que há de bom e salutar para nossa realização, encontramos nelas os meios e as ferramentas mais adequadas para a construção de nossa felicidade, e é num corpo material onde a essência adquire conhecimento e liberdade, nesta oficina diária, que nos deparamos com o nosso próprio EU, condição interior e peculiar de cada ser, o que chamamos de personalidade, e através dos experimentos sucessivos das sensações é que nos revelamos  verdadeiramente ao que somos e queremos ser. Entre tanto, nem sempre nos dispomos a encontrar o melhor nós, muitas vezes inertes, esperamos somente que a sorte caia do Céu.
Portanto, neste simples e breve comentário, quero expressar  meu profundo sentimento sobre a existência de uma força maior que chamamos DEUS e que se manifesta em suas Leis Justas e Perfeita que nos rege, e por certo, dentro delas tudo é perfeição e felicidade, porém fora delas nada é justo ou definitivo.

Paz para todos
                                                 Antonio Andrade




_______________________________________________________


Não estamos sozinhos... muitos já estão preparados para a Nova Era, e copiar o que é bom não é defeito...!
Boa Leitura.

Antonio Andrade

O SURGIMENTO DA NOVA TERRA
O EQUINÓCIO DE SETEMBRO DE 2011  -  RUMO AO 11/11/11 –
INTERIORIZANDO-SE MAIS E MAIS
Uma mensagem de Célia Fenn
20 de Setembro de 2011

À medida que avançamos em direção ao que consideramos como o nosso “encontro com o destino”, em 11/11/11, eu estive percebendo que as palavras não estão fluindo tão facilmente como no passado. É quase como se eu tivesse desenvolvido uma aversão à mente hábil e aos sábios conselho que são tão comuns nestes dias. Conselhos sobre como viver, o que pensar, como fazer dinheiro e o que dizer... e ainda... o desejo de nos interiorizarmos mais, mais e mais na verdade de Quem Nós Somos e o que Sentimos em nosso Coração e Alma.

Isto não é realmente surpreendente, uma vez que com a abertura do Portal de Leão em Agosto de 2011, nós abrimos os Portais da Sexta Dimensão e ancoramos o Fluxo da energia do Tempo do Sonho na Terra. E esta energia é INTENSA. Estamos literalmente “vivendo o Sonho” em total tecnicolor agora, com todos os matizes, tons e nuances de sermos um Espírito Angélico estando em um Corpo Humano Angélico! Sim... leiam isto novamente... nós chegamos! Estamos plenamente conscientes de Quem Nós Somos e que Nós estamos aqui para “experienciar” a Vida em toda a sua intensidade e fluxo.

Quando ainda estamos sob o domínio das energias mentais, pensamos que o propósito da vida é ser bem sucedido, feliz e rico. Bem... sim... este é sempre um bom lugar para começar, mas muitas pessoas bem sucedidas, felizes e ricas se esquecem frequentemente de realmente viver. A busca destas coisas se torna um substituto para a experiência da aventura da vida. Quando vocês mudam para a Quinta Dimensão e então para a Sexta, compreendem que a “segurança” do sucesso, da felicidade e da riqueza não é uma garantia de que vocês experienciarão a Aventura da Vida. Vocês podem comprar alguns lindos brinquedos e desfrutar de um bom tempo, mas a menos que se interiorizem mais e mais, podem somente estar roçando a superfície do que é possível nesta realidade da Nova Terra.

Estamos aqui para Criarmos, nos Aventurarmos e experienciarmos esta magnífica Aventura em todas as suas texturas e tons. E, naturalmente, as texturas e tons do Amor e da Paz são Magníficos, mas assim nos “elevamos” ao criarmos a arte, rirmos, compartilharmos, dançarmos, saborearmos novos alimentos, viajarmos e experimentarmos coisas novas... ou simplesmente caminharmos na praia!

No Tempo do Sonho em Tecnicolor, a verdadeira magnificência do Planeta como um “playground” de sonhos e experiências é revelado. Mas, não poderemos apreciar plenamente a riqueza deste exótico banquete da vida, até que nos abramos para sentirmos e experienciarmos plenamente.

Esta compreensão me veio recentemente quando eu estive na Dinamarca no final do verão, sentada em uma praia com um grupo de amigos, comendo mexilhões recém-colhidos do oceano e cozidos com legumes frescos em uma panela de ferro sobre o fogo. Foi um dia brilhante e ensolarado com ótimas companhias e uma maravilhosa refeição e muita diversão... era como se fosse algo de um filme. Eu me lembrei de um filme que vi uma vez, chamado “A Festa de Babette”, sobre uma mulher dinamarquesa que prepara uma suntuosa festa como uma Celebração da Vida.

A Sexta Dimensão da Consciência se refere a uma Celebração da Vida em Pleno Tecnicolor! O “Projetor” é o seu Coração e o Diretor do Filme é a sua Alma e o seu Eu Superior. Vocês são as Estrelas deste filme, e  vocês criam juntos seguindo as direções da Orientação Superior. Mas vocês são Estrelas Magníficas. E... devem estar dispostos a ser a Estrela em sua própria vida e desempenhar a sua parte com Coragem, Perseverança e Inteligência. Não temam, mas permitam-se experienciar todos os sentimentos, emoções e tons da vida.

Neste Equinócio, muitos de vocês estarão sentindo esta atração para abrirem os seus Corações e se alinharem com este poderoso Fluxo de Energia Criativa do Sonho, este Rio de Sonhos que flui do Coração Cósmico da Consciência Divina. Vocês procurarão se conectar plenamente com as “direções” de sua Alma, enquanto trabalham juntos para expressar o seu Propósito de Vida. Vocês irão querer se mover além do superficial... das palavras... para a Essência profunda do ser e dos sentimentos profundos do coração.

Esta é a Dádiva da Sexta Dimensão da Consciência, quando a acessarem e expressarem a sua Criança Mágica!

E então, enquanto vocês se equilibram nesta Energia do Equinócio, estarão se alinhando para as etapas finais no portal 11/11/11 da Consciência Multidimensional. Entre 23 de Setembro e 11 de Novembro, vocês sentirão esta intensa energia de sua Alma, expressando o seu desejo de viver plena e completamente no “Sonho” da Terra.

© 20011 Celia Fenn e Starchild Global

Este trabalho é licenciado sob a Creative Commons License
Você é livre para copiar, distribuir, exibir e executar a obra, sob as seguintes condições: Você deve dar crédito ao autor, não poderá utilizar este procedimento para fins comerciais, e você não pode alterar, transformar ou basear - se neste trabalho. Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro para outros os termos da licença deste trabalho. Qualquer uma destas condições podem ser derrogadas se você obter permissão do detentor dos direitos autorais. Qualquer outra finalidade de utilização deve ser concedida autorização pelo autor.

Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

Youtube – Listen to your heart -    http://www.youtube.com/watch?v=SkY03n0_sD8&feature=related





-----------------------------------------------------------------------------

O QUE É SER FELIZ ?
video




----------------------------------------


11 de setembro de 2001






Data que ficou gravada na História da humanidade, marcando um episódio no início do Século XXI.

O século XX foi o período de cem anos iniciado em 1 de janeiro de 1901 e terminado em 31 de dezembro de 2000 que se notabilizou pelos inúmeros avanços tecnológicos, conquistas da civilização e reviravoltas em relação ao poder. No entanto, esses anos podem ser descritos como a "época dos grandes massacres", já que nunca se matou tanto como nos conflitos ocorridos no período. Em muitos países da  Europa e da Ásia, o século XX também foi largamente apelidado de "Século Sangrento". O historiador Eric Hobsbawn considera, de maneira figurada, o século XX como o período entre a eclosão da Primeira Guerra Mundial, em 1914, e o Colapso da União Soviética, em 1991. Hobsbawn chama esse período de "Era dos Extremos". Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Por que tanta dor, tanto sofrimento e tanto infortúnio na Terra? Eis o maior ponto de interrogação para aqueles que ignoram e não procuram compreender às Leis que regem os destinos da Humanidade.
Cada um defende a sua verdade dependendo do grau de poder que exerce no momento, tornando-se ferramentas inteligentes (sem consciência), para executarem suas missões estabelecidas Naturalmente por força da Lei do retorno, ou causas e efeitos.
Ainda há resquícios do passado, todos estão comprometidos com a Lei, subjugando-se superiores a Deus, e se endividando cada vez mais consigo mesmo, por não cumprir e fazer cumprir a necessidade de Amar.
Os que governam só elegem os trunfos que alimentam a vaidade material, o ouro ainda continua sendo o brilho perfeito e salutar brio escarnecedor das trevas, pois a verdade a todo momento se faz presente, e no entanto aos olhos dos poderosos é como abafar a chama da esperança.
Uns defendem suas ideologias, outros defendem suas riquezas, e em comum, nos achamos nesse tiroteio desnorteado de paixões e intransigências... seres obcecados que trilham na escuridão.
 Entre tanto, o sofrimento talvez ainda não seja o fim, podem pensar que a amargura da derrota ou a dor da carne, seja tão somente o prazer da vingança, e convictos a destruir o Mundo,  planejam sob as entranhas da terra, a maldade cruel.
Pois bem, será que o tempo foi suficiente para se erguer “torres internas  esplendorosas de amor”?
A missão da Humanidade neste especifico Planeta, como em todo o Universo é exatamente o trabalho incessante de erguer imensas torres de sabedoria e virtudes, o entendimento daquilo que é verdadeiro, Justo e Perfeito, e cabe a cada ser pensante, destruir suas torres internas de paixões, combatendo atentamente seu terrorista interior, que a todo instante emite pensamentos de ódio e destruição, o amor desenfreado pelas coisas matérias e efêmeras, que não justificam a evolução Divina e nem engrandece a alma, só causam um acumulo de dor e sofrimento, para um dia reviverem e resgatarem seus carmas, como retrata e prova através dos acontecimentos Históricos.
Word Trade Center, é mais um fato...  devemos relembrar também Histórias relacionadas. Não foram poucos os massacres em nome do poder e da Fé.
Mas nenhum ser há de se perder... Deus, nosso Criador na sua imensa sabedoria e bondade, jamais deixará uma ovelha sua perdida do rebanho, mais cedo ou mais tarde, todos estarão juntos para o grande Festim, e neste dia de glória à consciência, uma grande parte estará pronta para o desafio principal da raça Humana neste Orbe.
As conquistas serão breve, pois o Amor vence qualquer barreira, a Luz brilhará intensamente, diante de um povo mais consciente, nossa matéria estará mais leve e cuidaremos melhor  das mazelas dos vícios, mas sobre tudo, nossos pensamentos haverá de estar sempre elevados aos ensinamentos que vem do alto, não a fé cega, mas  sim, o verdadeiro sentimento de compromisso com o Amor que deve existir entre tudo e todos.
Deveremos estar preparados não para um fim, e sim, para um novo início de uma Nova Era de  Evolução, é um Ciclo naturalmente programado pela Inteligência Divina, pois já despertamos a necessidade, a vontade, a imaginação a inteligência, a verdade, e agora já estamos vivendo a consciência iluminados pela grande Luz do entendimento.

                                                                   Antonio Andrade

“O FUTURO NÃO É AMANHÃ... É AGORA”